Nino Vieira, um Erro Político

Outubro 29, 2005 às 2:24 pm | Publicado em Media & Jornalismo | Deixe um comentário

Nino Vieira, o bandido

Os guineenses deviam saber combater esse bandido

_____________

Até hoje, fico a pensar porquê que os guineenses foram votar no Nino Vieira, que, durante dezoito anos, meteu o país num pântano da miséria, com sinais visíveis de pobreza. Só para se ter uma pequena ideia, entrando no século XXI, muitas crianças guineenses não têm acesso à escola, uma parte significativa da população tem carência de àgua potável e a instabilidade política é uma constante.

Foram dezoito anos… dezoito anos de poder autoritário… dezoito anos sem fazer nada. Dezoito anos a dormir na sombra da bananeira, vendo a vida passar. Realmente, nada Nino fez para desenvolver o país e devia ter vergonha de voltar para candidatar-se à presidência da República. Voltou… voltou porque é bandido. O povo da Guiné devia saber em que quadradinho colocar a cruzinha, na hora do voto. Votaram mal. Votaram mal porque Nino Vieira não nasceu para ser um político honesto que trabalha para o bem do seu povo. Ele não sabe o que é caminhar-se rumo ao desenvolvimento. Por isso, Nino é um erro político.

Passou dezoito anos no poder… Não fez nada para o seu povo. Mas, voltou. Voltou porque é um bandido. Não sei porque é que os guineenses ainda não se aperceberam disso. Trouxe, de novo, a instabilidade. Como se já tivesse esquecido que durante dezoito anos não fez nada para a população, ontem demitiu o Governo, alegando a pobreza do país. Coitado… como se no tempo que esteve no poder, o país estava rico. Esqueceu-se que o principal factor da pobreza guineense chama-se Nino Vieira. Nino & Companhia poderia ser o nome de uma empresa que empurrava Guiné Bissau para situações insustentáveis da miséria. Mas, só Nino Vieira basta.

Passou dezoito anos no poder. Não fez rigorosamente nada, a não ser fazer sofrer o seu povo. Mas, voltou. Voltou sem nenhum projecto digno de desenvolver o país. E continua a achar que todo o mundo é besta. Nino, realmente é a face negra da política. É, por si só, um grande erro. Os guineenses deviam saber combater esse bandido.

________________________________________________

Editorial

Anúncios

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.