Media digitais aproveitam mal as potencialidades da Internet

Fevereiro 21, 2007 às 7:15 pm | Publicado em Media & Jornalismo | Deixe um comentário

Fernando Zamith, jornalista da agência LUSA  e docente da cadeira de ciberjornalismo na Universidade do Porto, defendeu, recentemente, a sua tese de Mestrado na Universidade do Minho, que o levou a concluir que há um desperdício das potencialidades da Internet por parte dos ciberjornais portugueses. Olhando para a realidade cabo-verdiana, a situação não parece ser muito diferente. Ainda não há uma escrita para a Internet, em Cabo Verde, havendo sim uma transposição do modelo impresso para o digital, sem grandes alterações. A escrita continua na vertical e a ‘horizontalidade’ das notícias ainda está longe de ser uma prática, uma vez que o hipertexto é completamente ignorado pelos media digitais que operam no espaço ‘global’ cabo-verdiano. Creio que, não é preciso fazer-se muito esforço para perceber-se que ainda há muitas potencialidades da Internet que não são aproveitadas em Cabo Verde. A introdução dos vídeos, a hipertextualidade, uma maior interacção, o texto contextualizado através do hipertexto, entre outros, são alguns dos subaproveitamentos do jornalismo digital em Cabo Verde. No entanto, creio que um estudo mais aprofundado nos evidenciará outras questões. No entanto, realçamos o processo de interacção, através dos comentários, nos principais diários digitais, o que é muito importante para o processo de democratização do espaço público, dando aos cidadãos a possibilidade de participarem na discussão dos principais temas que cruzam o trama social.
 
Voltando aos resultados da tese de Mestrado de Fernando Zamith, destacamos o seguinte:

tese_fz_22_ciberjornais.JPG

“A primeira conclusão clara que tiro deste estudo é que os ciberjornais portugueses de informação geral de âmbito nacional aproveitam pouco as potencialidades da Internet.
Essa é, não só, a opinião que me foi transmitida por todos os entrevistados, quer directores de ciberjornais quer investigadores, mas também o resultado da aplicação da tabela que criei para a medição do aproveitamento das potencialidades da Internet.
Na aplicação simples da tabela, constatei que o aproveitamento médio das potencialidades da Internet é de apenas 23,3%, considerando todos os tipos de acesso (livre, com registo e pago), valor que baixa para 21,5% quando considerado apenas o acesso livre (grátis e sem registo).
Alargando a análise às potencialidades associadas, o aproveitamento médio baixa para 18%, o que significa que, na generalidade, os ciberjornais estudados não conseguem tirar partido de mais do que uma potencialidade quando disponibilizam os dispositivos e serviços mais versáteis (com dois ou mais tipos de potencialidades).
(…)
É, pois, de extrema importância acompanhar a evolução deste sector, aplicando novamente a tabela que construí para esta investigação, ainda que introduzindo eventuais adaptações que a evolução tecnológica recomendar.
Seria interessante não só monitorizar a evolução dos ciberjornais portugueses de informação geral de âmbito nacional, como aplicar a tabela também aos ciberjornais temáticos, regionais e locais e, porque não, aos outros três tipos de “jornalismos on-line” da classificação de Mark Deuze , nomeadamente aos agregadores de notícias, aos blogs informativos e de comentário, aos sites de partilha e discussão, às experiências de digging e tagging, e aos projectos dos chamados jornalismo cívico e jornalismo de cidadãos.
A tabela criada pode, e deve, ser aplicada também a ciberjornais de outros países, com óbvias e inegáveis vantagens de comparação da evolução do ciberjornalismo em diferentes pontos do globo”. [in JornalismoPortoNet]

Anúncios

Deixe um Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: