Governo abre ‘Universidade da Tarimba’ na TCV

Novembro 7, 2007 às 2:39 pm | Publicado em Media & Jornalismo | Deixe um comentário

De acordo com a notícia avançada ontem pelo diário electrónico Liberal On-line, o Ministério da Qualificação e Emprego arrancou, no passado dia 5, com um programa de formação para 22 jovens com 12.º Ano de Escolaridade, que residem em lugares onde não há qualquer delegação da RTC, com o fim de criar uma rede de correspondentes para a Televisão de Cabo Verde (estatal). A formação será ministrada por docentes da Universidade do Aveiro e contempla matérias como as noções de jornalismo e de notícias, reportagem em televisão, ética, deontologia e relação com as fontes de informação.
Liberal cita Paulette Santos, coordenadora do projecto, que explica que vai haver uma espécie de ‘Kit Repórter’ que será entregues aos jovens para fazerem a cobertura dos principais assuntos que afligem a sua comunidade: “os Kits não serão disponibilizados logo de imediato mas vão ser disponibilizados. Entretanto, inicialmente não vamos contemplar os formandos dos concelhos do interior de Santiago porque os meios de comunicação estão concentrados aqui na Praia. Então damos prioridade às outras ilhas onde não há equipamentos nem cobertura da TCV”.
O supracitado diário electrónico avança ainda que, “o Ministério da Qualificação e Emprego espera que, no fim deste ano/início de 2008, estejam disponíveis as primeiras unidades de reportagem que deverão contemplar as ilhas de Santo Antão e São Nicolau”, o que nos deixa antever que, a partir do início do próximo ano, os jovens já vão poder começar a exercer a sua actividade. Por outro lado, também pode-se entender que a formação poderá durar entre um mês e tal e dois meses, a avaliar pela informação que Paulette Santos avançou ao referido diário electrónico de que “os kits ainda não estão disponíveis para todas as ilhas”, seguida da notícia de que “no fim deste ano/início de 2008” estarão disponíveis as primeiras unidades de reportagem para contemplarem Santo Antão e São Nicolau.
Numa altura em que já se regista um número considerável de jovens com formação profissional e superior na área da comunicação, multimédia e audiovisual que se encontram no desemprego ou a desempenhar funções alheias à sua área de formação, esta política do Governo ‘soa’ mais à continuidade na perpetração da ‘universidade da tarimba’ na televisão do Estado.
A actual TCV – que iniciou as suas actividades em 1984 como TEVEC (Televisão Experimental de Cabo Verde), sendo rebaptizada de TNCV e, posteriormente, de RTC – tem funcionado muito à base de pessoas não formadas. Por isso, desde o seu aparecimento, a tarimba tem feito escola no jornalismo em Cabo Verde. Não estranhemos que o Governo queira instituir a ‘Universidade da Tarimba’.

Anúncios

Deixe um Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: