‘Jornal de Cabo Verde’ suspenso

Março 25, 2008 às 4:49 pm | Publicado em Media & Jornalismo | Deixe um comentário

foto«Por decisão da respectiva administração, foi suspenso por semanas o “Jornal de Cabo Verde” que se edita na cidade da Praia. Segundo comunicado distribuído esta manhã, a suspensão tem em vista a reestruturação do projecto editorial: são “reajustamentos que melhor o acertem com as exigências do público a que se destina, criando assim condições para que, no futuro, melhor responda às circunstâncias específicas do mercado cabo-verdiano e da Diáspora”. Invoca a administração de JCV que “dificuldades alheias à empresa, como a impressão e transporte do jornal (de Lisboa para a Praia) têm, reiteradamente, dificultado” a sua chegada ao público em tempo útil, “causando elevados prejuizos financeiros e não só”». [in Liberal On-line]

Pa Mudjeris Kabuverdiana

Março 25, 2008 às 4:45 pm | Publicado em Cânticos e Poesia | Deixe um comentário

N kre-bu txeuoh nha dona

mai

irma

spoza

i tudu otu nhas

di sangi o kultura !

N kre-bu txeu

palavras di nhos garganta

ku signifikadu arku-da-bedja

ki ekua na nha kurason

pa txiga di nhos

na konpasu konbersu sabi

na ragas des alfabetu

eransa António de Paula Brito

Nhos e fonti

di nha bida

farol

di nha kaminhu

stimulu

pa nhas luta

lus

di nhas alegria

mas sobritudu

kolegas di trinxera

kunpanheras pa tudu sabura

Nha kurason ta sangra

ku kada dizaforu

izalta

ku kada konkista

pabia tudu nhas

ten ponta nhas

di sangi i papel pasadu

Oh, sin!

ki kes konkista bira digraus

firmi sima rotxa

pa labanta grau

di nos sabura

es e nhas votu

Pa konfins di tenpu

na nha kurason

un roza

na nha mon

un foisi

na nha obra

solidariedadi

na nha pena

N kre-bu txeu

Marsu 2008

Marsianu nha Ida padri Nikulau Ferera

Marçal deixa comando do ‘Expresso das Ilhas’

Março 18, 2008 às 9:47 am | Publicado em Media & Jornalismo | Deixe um comentário

foto“Vladimir Marçal já não é director daquele jornal desde 10 de Março. As razões da demissão de Vavá (como é conhecido) não são claramente conhecidas, circulando todavia rumores de graves desinteligências internas. As divergências teriam começado ainda durante a vigência do anterior presidente da empresa, Ney Santos, que terá afirmado que um dos erros da sua gestão terá sido não o ter demitido de director. Com a chegada de Jandira Fonseca ao cargo de presidente da empresa proprietária do jornal, as divergências não se atenuaram”. [in Liberal On-line]

O kriolu cabo-verdiano e o português numa dualidade horizontal

Março 18, 2008 às 9:37 am | Publicado em Comunicação e Sociedade | 1 Comentário

foto

“A palavra Kriolu deriva da palavra portuguesa Crioulo, a qual por sua vez deriva do verbo criar e do substantivo olo, cujo significado é: “casa – uma casa africana típica nas antigas colónias portuguesas em África.” A rápida superposição ou seja justaposição das palavras criar e olo explicam a origem dos termos Crioulo e Kriolu.

Os escravos estratégica e deliberadamente criaram o Kriolu como uma lingua com características e estrutura própria e diferente do Português para poderem comunicar entre eles sem que fossem entendidos pelos seus proprietários. Os colonos, obviamente, não acolheram o Kriolu de bom grado porque poderia comprometer os seus poderes absolutos em superiormente controlar a situação escravocrata. Por isso sempre tentaram, mas sem êxito, erradicar a língua materna e a identidade cultural dos cabo-verdianos.” [Ler Mais e fazer Download]

CV Star: ‘Operação Triunfo’ à moda crioula

Março 15, 2008 às 7:01 pm | Publicado em Cantinhos dos Colaboradores | 1 Comentário

“É um projecto ambicioso e pretende ser uma espécie de Operação Triunfo feito em Portugal. CV Stars é o nome do concurso vocal que vai permitir ao vencedor gravar um CD, ter um contrato discográfico para lançar a sua carreira a solo e uma tournée nacional, além de uma boa quantia em dinheiro. Os promotores são Beto Duarte, cantor e produtor, e José Eduíno Tavares, coordenador nacional da juventude da Cruz Vermelha. CV Stars vai ser emitido pela televisão e o início das inscrições está marcado para Abril. Dois meses mais tarde acontece o casting nacional.

É a adaptação da Operação Triunfo de Portugal para a realidade musical cabo-verdiana. É designado CV Stars e é um concurso de vozes, que vai contar com a participação de talentos de todas as ilhas do arquipélago, com idade compreendida entre os 18 e os 30 anos. De acordo com os promotores, o projecto está já a ser implementado, prevendo-se a abertura das inscrições para o próximo mês de Abril.

‘Começamos a fazer alguns contactos para ver se arrancamos já com as actividades. A inscrição vai começar em Abril e, em princípio, prevemos o arranque do concurso propriamente dito a partir de Setembro’, avança José Eduíno Tavares co-promotor do projecto e representante do CV Stars em Cabo Verde”. [in Expresso das Ilhas]

‘Direito e Cidadania’: edição especial lançada na Praia

Março 15, 2008 às 6:50 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | Deixe um comentário

“Na Revista pode-se ler uma nota de introdução e justificação da autoria do Director da Revista, Jorge Carlos Fonseca, com o seguinte teor: ‘teremos conseguido, com esta colectânea, alcançar o desiderato originário? O de dar ao público interessado uma visão do estado do país, uma espécie de retrato evolutivo da sociedade e do Estado cabo-verdianos, três décadas após a independência, com um percurso de quinze anos de regime de partido único e outros tantos de democracia pluralista e experiência de Estado constitucional, uma visão plural na matriz ideológica e político-cultural de que arranca cada uma das vozes escutadas, mas igualmente na perspectiva metodológica e, diríamos, gnosiológica (o académico, o político, o intelectual, o militante cívico, o profissional qualificado) de construção de cada um dos escritos? A resposta decisiva será a do leitor, não a dos organizadores….’” [in Liberal On-line]

Cabo Verde: RTC disponibiliza rádio e televisão na net

Março 7, 2008 às 6:46 pm | Publicado em Media & Jornalismo | 1 Comentário

Marcos de Oliveira, Presidente da RTCDepois de uma tentativa da Televisão de Cabo Verde (TCV), em parceria com a TudoDirecto.Com, de tornar possível o acesso aos conteúdos da televisão nacional, de qualquer parte do mundo, através dos suportes da Internet, desta vez é a própria RTC – ‘empresa mãe’ a ter uma iniciativa louvável. Numa das minhas ‘andanças’ pela Internet, acabei, por acaso, por confrontar-me com a página da RTC, que congrega emissão televisiva, radiofónica e notícias escritas para suporte digital. Portanto, uma ideia de se louvar, numa altura em que a RTC completa uma década de existência. Esperamos que não seja ‘sol de pouca dura e que os cabo-verdianos, estando onde estiverem, possam ter acesso aos conteúdos da Rádio de Cabo Verde (que já se tinha através das plataformas de distribuição da Cabo Verde Telecom – Nave.CV) e da Televisão de Cabo Verde. Uma pergunta: a ‘RCV Mais’ não vem para a net ‘conviver com o pessoal’? Quem souber, responda. O acesso à ‘Casa RTC’ faz-se por ESTA PORTA.

Imprensa marroquina menospreza Cabo Verde

Março 3, 2008 às 11:47 pm | Publicado em Media & Jornalismo | Deixe um comentário
.
Depois da vitória de ontem  do Sporting da Praia sobre Asfar, de Marrocos, a imprensa marroquina acordou ‘triste’. Para além de pedir a cabeça do treinador e de toda a equipa técnica, apresenta um discurso que cheira a desprezo em relação a Cabo Verde. Destacamos uma frase da reportagem do jornal A Semana: “A imprensa desportiva especializada marroquina, escreve a Inforpress, questiona como é os militares ‘desprestigiaram’ o futebol marroquino ‘num pequeno país insular que responde por Cabo Verde’”.

“Magia, Luzes e Sombras”

Março 3, 2008 às 11:32 pm | Publicado em Media & Jornalismo | Deixe um comentário
. 
Magia, Luzes e Sombras: 1974-1999, Vinte e Cinco Anos de Filmes no Circuito Comercial em Portugal é um outro trabalho académico publicado em livro. Trata-se da tese de Doutoramento de Carlos Capucho, que debruça sobre o mundo cinematográfico. A obra foi apresentada hoje, às 18h00, na sede da Universidade Católica Portuguesa, em Lisboa, mais concretamente no edifício da Biblioteca João Paulo II. [Apontamento de Jornalismo e Comunicação]

magia capa

Cobertura Jornalística das Questões da Deficiência e Incapacidade discutida no Cenjor

Março 3, 2008 às 11:22 pm | Publicado em Media & Jornalismo | Deixe um comentário
. 
Em colaboração com o Instituto Nacional para a Reabilitação (INR), o Cenjor vai realizar um seminário de quatro dias sobre a Cobertura Jornalística das Questões da Deficiência e Incapacidade. A formação é gratuita, bastando, para isso, o preenchimento de um formulário de inscrição, disponível em www.cenjor.pt. Para mais informações, clique AQUI.

Página seguinte »

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.