“Os Media e a Interculturalidade: Estereótipos e Preconceitos”

Junho 2, 2008 às 6:42 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | Deixe um comentário

Amanhã, às 21h 30, vai ter lugar, na Biblioteca Lúcio Craveiro (Braga – Portugal), uma sessão que pretende debater a questão a interculturalidade, na sequência das actividades que compreendem o Ano Europeu de Diálogo Intercultural. ‘Todos juntos na Diversidade’ é o mote para se encarar este ano, que pretende mostrar que na comunidade humana as diferenças só existem porque são preenchidas por estereótipos e preconceitos. De entre um conjunto de pessoas que estarão presentes,  também vou dar a minha modesta contribuição, falando um bocadinho sobre “Os Media e a Interculturalidade: Estereótipos e Preconceitos”.

 

Anúncios

Atacante do Barcelona ‘ataca’ jornalista

Junho 2, 2008 às 6:27 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | 1 Comentário

O atacante dos Leões Indomáveis, Samuel Eto’o, agrediu um jornalista camaronês sexta-feira em Yaoundé, soube-se de fonte segura no local.

O jornalista, Philippe Bony, é repórter de uma emissora de rádio de Iaundê, habitual crítico do craque. O atacante camaronês do Barcelona se irritou durante uma conferência de imprensa, e deu uma cabeçada no repórter. Eto’o era o principal orador da conversa com jornalistas na véspera do jogo com a selecção de Cabo Verde, no quadro das eliminatórias combinadas do Campeonato Africano das Nações (CAN) e do Mundial de 2010″. [in Visão News]

Mesa redondo junta o Nativismo e a Pré-Claridade

Junho 2, 2008 às 6:21 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | Deixe um comentário

“Com uma mesa redonda sobre os Nativistas e Pré-Claridosos Caboverdianos (Guilherme Dantas, Eugénio Tavares, Januário Leite, José Lopes, Pedro Cardoso), na qual intervêm Alberto Carvalho, Francisco Manso, José Guimarães, António Torrado e Isabel Barreno, chega ao fim a presença de Cabo Verde na 78ª Feira do Livro de Lisboa. A sessão está marcada para as 18.30 horas (hora local). Recorde-se que Cabo Verde foi o país convidado para esta Feira do Livro. Um conjunto de mesas-redondas, conferências, apresentações de livros, leituras de poesia e de contos deram a conhecer aos lisboetas a pujança da cultura do arquipélago da morabeza, para muitos desconhecida”. [in Liberal On-line]

Site no WordPress.com.
Entries e comentários feeds.