“Encostem-me a uma parede e disparem”

Março 5, 2009 às 4:54 pm | Publicado em Media & Jornalismo, Política | 2 comentários

.

Vale a pena conhecer um blogue interessante, de um jornalista da Guiné-Bissau, que, apesar do conturbado momento político que se vive no país, tem coragem para aceitar que o espírito seja mais forte do que o corpo, dizendo tudo o que lhe vai na alma. De nome controverso, o blogue Ditadura do Consenso é editado por António Aly Silva, que traz uma mensagem forte no seu cabeçalho: “a dignidade de uma pessoa pode ser atacada, vandalizada, cruelmente posta a ridículo, mas não pode ser-lhe tirada, a menos que a ela renuncie”.

António Aly Silva é um jornalista da Guiné-Bissau, uma pessoa frontal, que diz as coisas que pensa e não tem medo de enfrentar a crítica e o próprio ‘ferro’ (que nos tempos da escravatura servia para amarrar nele os escravos quando iam ser castigados e hoje serve para uns matarem os seus concidadãos). Respondendo frontalmente às perguntas de um jornalista da TVI, António Aly Silva viu-se confrontado com a seguinte pergunta: “não tem receios por dar esta entrevista e por dizer tudo o que aqui disse”? Desafiando tudo e todos, responde: “nenhum! Encostem-me a uma parede e disparem”.

2 comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Realmente, se a verdade e a coragem fossem pecados com certeza o António Aly não teria perdão de DEUS. Porque ele fala a verdade, alem de mais ele tem muita coragem. Se todos os guineenses estivessem como AAS, certamente o nosso país não estaria neste nível pobreza e falta de verdade. Porque um dos problema deste país é a falta de verdade. Gostamos de bocasinhos de n´fala n´fala. Mas, ninguem toca na ferída.

  2. Neste mundo de trapaceiros, de assassinos mentirosos e sabotadores de alto nível; a coragem e o brio de honestidade intelectual e patriótica do António Ary Santos é uma liçäo para nós todos. Creio mesmo que ele merece figurar entre os verdadeiros seguidores do nosso saudoso Amilcar Cabral que sempre disse: “Lutei toda a minha vida para vocês näo serem amarrados, e a mim ninguém me amarra!”.

    El Kady


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: