Isaltinar, segundo Ferreira Fernandes

Abril 2, 2009 às 8:34 am | Publicado em Política | Deixe um comentário

«Isaltinar foi um belíssimo achado que Isaltino Morais inventou para uma das suas campanhas eleitorais (slogan em 2005: “Vamos isaltinar!”). Belíssimo, mas que eu não entendia. Até Isaltino Morais, presidente da Câmara de Oeiras, ser agora julgado. No julgamento, ele tem dito: 1) que as suas declarações de rendimentos “não correspondem minimamente ao meu património”; 2) que ele declarava menos do que devia porque “[as declarações de rendimentos] nunca foram levadas a sério” (já agora, então, porque declarou sempre a menos e nunca a mais?!); e 3) que “as sobras das campanhas eleitorais”, anteriores a 2005, depositou-as na sua conta bancária da Suíça, não para “fugir ao fisco”, mas porque “fiz o que toda a gente fazia.” Os pontos 1) e 2) dizem-me que “isaltinar” significa aldrabar o fisco. Não sendo o moralista que aqui vos escreve mas o amante de palavras, estou encantado. Indo mais longe, o ponto 3) diz o que é uma isaltinação pegada. Definição de isaltinação pegada: não chega aldrabar o fisco mas é preciso aldrabar também o próprio partido, ficando-lhe com “as sobras.” » [in DN]

Deixe um Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: