Artista da Semana

Abril 18, 2009 às 9:42 pm | Publicado em Revista NÓS MEDIA | Deixe um comentário

.

DINA MEDINA

 

Uma voz potente da música cabo-verdiana, que há muito não tem aparecido em trabalhos a solo e que, naturalmente, deixa muitas saudades. Destacamos Dina Medina esta semana por ter surgido recentemente, num registo nada habitual, a cantar morna. A artista que é da geração dos ‘cabo-zouks’ surge agora a arrepiar novos caminhos, merecendo elogios de cantores consagrados, como o incomparável Bana, que diz: “surpreendeu pela positiva é a Dina Medina, ao ouvi-la cantar duas mornas gostei imenso e pedi à Dina para continuar a cantar a morna; ela tem uma voz esplêndida. Uma voz assim é que precisamos para cantar as nossas mornas com sentimento. Fiquei muito emocionado com a actuação da Dina e, no fim, dei-lhe um beijo na testa como prova do nosso reconhecimento pelo talento patenteado” [in Liberal]. Há muito que a artista não nos apresenta novos ‘hits’, deixando saudades das suas belas canções. Destacamos Dina Medina também pelo papel que teve durante a década de 90 na dinamização da música moderna cabo-verdiana.

Dina Medina, dona de uma voz singular, começou no grupo Gil & Perfects, com os irmãos Gil Semedo e Vado Semedo que, a partir de Holanda, edificaram um grande agrupamento musical, que marcou a juventude cabo-verdiana e não só. Na altura, também contava-se um grupo de peso, Livity, que fazia sucesso um pouco por todo o mundo, contando com nomes sonantes da música cabo-verdiana, como Kino Cabral, Zé Carlos ou o emblemático Jorge Neto. Depois do seu percurso no grupo Gil & Perfects, Dina Medina foi juntar-se a outros tantos músicos cabo-verdianos, especialmente de Barlavento – entre eles, Grace Évora –, para erguer o agrupamento musical Splash, que não tem deixado os seus créditos por mãos alheias.

No entanto, se na segunda metade da década de 90 Splash surpreendia o público pelo número de CD’s que lançava, muitas vezes em curto espaço de tempo, hoje são poucos os discos que colocam à disposição do público. Daí que, estando desde há muito em ‘stand by’ na sua carreira a solo, Dina Medina não tem aparecido no mercado discográfico cabo-verdiano. Pelo trabalho feito, pela potência musical da sua voz e pela bela reaparição a cantar a ‘saudade crioula’ na melódica morna cabo-verdiana, destacamos Dina Medina, esperando que, dentro em breve, regresse em grande.

Deixe um Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

site na WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: