Artista da Semana

Maio 9, 2009 às 6:43 pm | Publicado em Revista NÓS MEDIA | 1 Comentário

ISA PEREIRA

Que se lançou recentemente, da Ilha de São Vicente, para cantar Cabo Verde ilha a ilha, não deixando de fora Santa Luzia que, por ser desabitada, tem uma outra poesia, marcada pelo silêncio da natureza contrastada com rasgos de ‘choros’ de pássaros que ali pousam.

Analisado em várias perspectivas, o primeiro disco de Isa Pereira parace um auto-retrato: por um lado, aparenta ser o auto-retrato de um país unido na diversidade das suas ilhas; por outro, um auto-retrato da própria artista que bem consegue personificar o disco nesse título de “Kriola Enkantu”.

Revelando-se numa entrevista bastante intimista que concedeu ao A Semana, Isa Pereira afirma que encara o seu “primeiro trabalho discográfico como um conceito só meu de Cabo Verde. Daí, deixar-me guiar muito pelo meu instinto, pela minha voz interior e pelo meu coração. E assim, quase em êxtase chegou-me o título: “Kriola Enkantu”. Então, lembrei-me de Santa Luzia, quis destacá-la e escrevi este tema com a intenção de consciencializar os cabo-verdianos para a necessidade urgente de preservarmos, valorizarmos essa e outras reservas ecológicas de Cabo Verde”. [in A Semana]

Tendo as ilhas da morabeza como o ‘suco’ da sua música, Isa Pereira lembra que canta “um Cabo Verde em que a crioulidade se expressa através da nossa mestiçagem, que se traduz na nossa maneira de estar e de sentir, fruto de várias influências, de culturas de diferentes países. Tudo isso se reflecte nos géneros musicais, nos arranjos, na lírica e nos compositores seleccionados para este disco. O resultado é um álbum com 11 faixas que traz géneros como a Bandera da ilha do Fogo, a Koladera inspirada numa viagem que fiz a Salvador da Bahia e que homenageia a alegria e a sensualidade da ilha de São Vicente, a valsa a representar Santo Antão, o Finaçon-Batuku para Santiago, o Funaná-Tabanka enaltecendo a diáspora cabo-verdiana, o Kola San Jon tradição da ilha de São Nicolau, a mazurca que lembra a beleza da Boa Vista e a morna exaltando a ilha Brava”. [in A Semana]

Devemos lembrar ainda que a nossa ‘Kriola Enkantu’ é licenciada em Relações Públicas pela Pontífica Universidade Católica de Belo Horizonte, Estado brasileiro de Minas Gerais. Filha de cabo-verdianos vincados na música tradicional do país, Isa Pereira nasceu em 1974, tendo começado a trilhar o mundo da música a partir de 1998. Tem já alguns ‘quilómetros de estrada’ feitos, tanto dentro do país como no estrangeiro, desdobrando-se entre a construção de uma carreira musical e o trabalho de Relações Públicas.

  

1 Comentário »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Gosto muito da música de Cabo Verde, dos sons que se fazem no teu país!

    Abraço e parabéns!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: