Nestes dias, Cabo Verde tornou-se num grande lago

Setembro 19, 2009 às 2:19 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | Deixe um comentário

Lago by you.

[Crédito da Imagem: Expresso das Ilhas]

Há uma semana que Cabo Verde vem debatendo com uma carga de água que se lança sobre as ilhas. Ironia do destino, a chuva – que sempre foi a grande queixa dos cabo-verdianos porque a sua ausência deixa a terra seca, sem produzir o pão para alimentar os filhos da terra – hoje está a causar um grande problema aos residentes nas ilhas, tendo já roubado algumas vidas. Toda  a solidariedade para com os nossos irmãos e que essa tempestade passe. Precisamos de uma chuva mais equilibrada, que beneficie os campos de cultivo. Não uma tempestade que desafia a força das pessoas, roubando-lhes a vida.

Anúncios

Jornalismo e Comunicação: oferta formativa em Cabo Verde

Setembro 18, 2009 às 11:02 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | 1 Comentário

Nesse início de ano lectivo, vale a pena lembrar que Cabo Verde já apresenta várias alternativas nos cursos ligados à comunicação social. Hoje, quem pretender obter uma formação que lhe permite trabalhar como jornalista, publicitário, profissional de marketing, relações públicas, assessoria de imprensa ou secretariado executivo tem algumas opções no pequeno ‘parque de ensino superior’ existente em Cabo Verde:

Resta-nos recordar ainda que, a nível da formação pós-graduada, temos a Pós-graduação em Estudos Mediáticos da Universidade Jean Piaget de Cabo Verde e o Mestrado em Jornalismo que vai ter a primeira edição este ano lectivo na Universidade de Cabo Verde.

Ciências de Comunicação: médias de entrada em Portugal

Setembro 18, 2009 às 10:22 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | 1 Comentário

Setembro é o mês da reentre em várias áreas: política, tribunais, escolas, entre outras. As Universidades preparam-se para abrir as portas e eis que o site Ponto Media apresenta-nos as médias de entrada dos principais cursos de comunicação e jornalismo em Portugal:

Ciências da Comunicação – U Nova Lisboa – 16,80 – (85)
Ciências da Comunicação – U Porto – 16,22 – (75)
Ciências da Comunicação – U Minho – 15,94 – (60)
Ciências da Comunicação – ISCSP – 15,70 – (62)
Jornalismo – Politécnico Lisboa – 15,65 – (60)
Jornalismo – U Coimbra – 15,50 – (40)
Comunicação Social – Politécnico Coimbra – 14,80 – (40)
Ciências da Comunicação – Universidade do Algarve – 13,56 – (35)
Ciências da Comunicação – UTAD – 13,54 – (61)
Comunicação Social – Politécnico Setúbal – 13,53 – (40)
Ciências da Comunicação – U Beira Interior – 13,36 – (50)
Comunicação Social e Ed. Multimédia – Politécnico Leiria – 13,07 – (40)
Jornalismo e Comunicação – Politécnico Portalegre – 12,61 – (35)
Comunicação Social e Cultura – U Açores – 12,22 – (23)
Comunicação Social – Politécnico Viseu – 10,97 – (75, sobraram 10)
Comunicação Social – Instituto Politécnico de Tomar – 10,00 – (35, sobraram 13)

[Créditos: PontoMedia]

África vista pelos europeus

Setembro 15, 2009 às 1:15 am | Publicado em Comunicação e Sociedade | 1 Comentário

Por estes dias, têm corrido notícias sobre a opinião emitida por um espanhol sobre a apreciação (neste caso, falta dela) que os europeus fazem do cinema africano. A opinião foi emitida pelo jornalista Javier Tolentino, coordenador de um programa radiofónico sobre a cultura na Rádio Nacional Espanhola, que participava no IV Festival de Cinema Documentário de Moçambique (Dockanema). Para os jornais digitais africanos, que não cansaram de fazer eco sobre o assunto, parecia uma grande tese. Ora, está mais do que visto que de tese e novidade não havia grande coisa ali. É basta ir-se às salas de cinema europeias para se ver que, em termos da produção africana, regista-se um deserto; basta sintonizar as televisões generalistas europeias para se ver que aquilo que é africano está completamente ausente das grelhas de programação. Basta folhear as revistas e os jornais que se dedicam à crítica da arte para se ver que raras são as vezes que é destacado coisas produzidas por um africano. Não é só a nível do cinema não, Javier Tolentino. Quase nada que vem da África interessa aos europeus, dos quais muitos olham para África sempre como ‘aquele enorme ‘país’ onde há gente a morrer de fome, a dormir nas palhotas ou em cima das árvores, junto com as corujas’. Portanto, é senso comum o facto de não haver muita consideração, pela Europa, em relação àquilo que é feito em África. Não tem nenhum elemento novo.

Os media mataram Micheal Jackson, diz Gay Talese

Julho 13, 2009 às 5:40 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | 1 Comentário

“O jornalista e escritor Gay Talese, convidado da Feira Literária Internacional de Paraty (Flip), afirmou que a imprensa foi a responsável pela morte do cantor Michael Jackson. “Acho que ele foi morto pela imprensa’, opinou Talese. ‘Para mim, há cinco anos, Michael Jackson começou a ser envenenado pela imprensa’.

Para o jornalista – que é conhecido como o ‘pai’ do New Journalism (novo jornalismo) -, a mídia cometeu abusos e noticiou como verdadeiras suposições sobre a vida do cantor. ‘Quero saber exatamente, em um texto compreensível, o que Michael Jackson fez. Simplesmente dizer que ele ‘abusou’ de alguém é pouco evidente. Lamento por Michael Jackson’”. [in ReidoPOP]

‘O poder mediático de Cristiano Ronaldo’

Julho 13, 2009 às 5:33 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | 18 comentários

“A transferência de Cristiano Ronaldo para o Real Madrid provou que o apelo mediático de um jogador faz muita diferença no momento de se investir milhões e milhões de euros. O internacional português nem sequer estreou e já vem quebrando recordes de vendas e arrecadação. Como disse o presidente do clube, Florentino Perez, os 95 milhões de euros retornarão aos cofres madrilenos antes do que muitos imaginam.

Apenas para se ter uma ideia, no dia da apresentação do avançado, 85 mil adeptos pagaram ingresso e assistiram de pé o megaevento no Estádio Santiago Bernabéu. As camisolas 9 de Cristiano Ronaldo esgotaram-se rapidamente nas lojas da capital espanhola. Mais de três mil exemplares foram vendidos em menos de 24 horas a mais de 80 euros”. [in A Semana]

Benfica dá jogo aos cabo-verdianos

Julho 11, 2009 às 7:38 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | Deixe um comentário

.

Sendo Cabo Verde um país ‘amante’ do Benfica, a aposta na integração do canal daquele clube no leque dos serviços da Zap TV configura uma aposta certeira. Para Cabo Verde, o Benfica é tão só o clube com maior número de simpatizantes. Assim, neste início da época desportiva em Portugal, proporciona alguma alegria no seio dos simpatizantes do clube em Cabo Verde. Como anuncia o Expresso das Ilhas, neste início da época, o canal do Benfica, distribuído em Cabo Verde, vai começar a emitir alguns jogos do clube. “O primeiro encontro particular, com o Sion, a 12 Julho, o confronto com o Ajax no Torneio de Amesterdão, a 26, e os jogos da quarta pré-eliminatória da Liga Europa, com um adversário ainda a definir”.

Cabo Verde: internet e telemóvel com problemas

Julho 9, 2009 às 10:32 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | Deixe um comentário

“Há vários dias que os serviços móvel e de Internet estão a apresentar anomalias. São disso exemplo os cortes frequentes nas ligações de internet e as dificuldades para efectuar chamadas na rede móvel.

A nível do serviço móvel, mesmo sem efectuar uma chamada, o utente recebe uma mensagem a avisar que o saldo disponível não permite efectuar a ligação pretendida. Em outras ocasiões, o utente recebe a mensagem de que o seu saldo está a esgotar-se, ainda que na respectiva conta tenha uma quantia superior a três mil escudos”. [in A Semana]

Internet e Liberdade de Expressão

Junho 10, 2009 às 11:31 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | Deixe um comentário

 O Conselho Constitucional francês, equivalente ao Tribunal Constitucional português, chumbou o projecto de lei que pretendia criar uma entidade não judicial para cortar o acesso à Internet a quem fosse apanhado a descarregar conteúdos ilegalmente.
O conselho considerou hoje que a “Internet é uma parte do direito de liberdade de expressão e consumo” e sublinhou que “no direito francês, é a presunção de inocência que prevalece”, cabendo à justiça decidir qual a sanção a aplicar em cada caso de pirataria.
O diploma – aprovado o mês passado pela maioria da UPM no Parlamento francês com a oposição dos socialistas – previa um sistema de vigilância do tráfego na Internet. Quem fosse apanhado a piratear recebia um aviso por e-mail.
Se a prática continuasse, seguia-se um segundo aviso, desta vez por carta. Caso o utilizador não parasse de fazer downloads ilegais, o acesso à Internet seria cortado por um período que poderia ir até um ano. A mensalidade da ligação, porém, teria de continuar a ser paga”. [
in Público]

“Trinta anos de ensino e de investigação” em homenagem a Aníbal Alves

Junho 3, 2009 às 4:09 pm | Publicado em Comunicação e Sociedade | Deixe um comentário

Trinta anos depois do seu arranque, o ensino da comunicação social é discutido na Universidade do Minho. Este debate, que vai ter lugar no próximo dia 5 de Junho no Museu Nogueira da Silva, em Braga, integra um conjunto de actividades que marca a aposentação do Professor Aníbal Alves, fundador do curso de Comunicação Social da Universidade do Minho. Entre vários cargos assumidos na instituição, Aníbal Alves já foi Vice-Reitor da Universidade do Minho, Presidente do Instituto de Ciências Sociais e Director do Departamento do Ciências de Comunicação da mesma instituição.

 

O programa, como se pode ver no site da Universidade do Minho, contempla várias actividades:

 

10h00 – Abertura: Moisés Martins (Presidente do Instituto de Ciências Sociais), Helena Sousa (Directora do Departamento de Ciências da Comunicação) e Manuel Pinto (Director do Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade), Universidade do Minho.

10h15 – Estudos de Comunicação: trinta anos de ensino e de investigação. Perspectivas e debate: Aníbal Alves (UM), Bragança de Miranda (UNL), José Paquete de Oliveira (ISCTE/Provedor do Telespectador), António Fidalgo (UBI) e Xosé Lopez (Univ. de Santiago de Compostela). Moderação: Helena Sousa.

12h15 – Almoço nos jardins do museu

14h00 – Palavras e melodia.

15h00 – Lançamento do livro de congratulação: Manuel Pinto.

16h00 – Encerramento.

 

Página seguinte »

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.