Meus Poemas

SÃO VALENTIM

Um amanhã que nunca chega
Uma gota de chuva que caiu
Um sentimento que ruiu
 
Duas metades de um coração
Um pedaço de sentimento
Um nada no meio do vazio
 
Uma gota miudinha de esperança
Uma fina luz que rasga o escuro
É a palavra de São Valentim
É a palavra do Amor.

 

 

TARRAFAL

TARRAFAL

Venha sentar aqui comigo

Neste pedestal antigo

Conte-me as histórias antigas

Como se fossem dóceis e tenras cantigas

TARRAFAL

Diga-me se é tudo verdade

As histórias de infelicidade

Dias que começaram pela alvorada

Triste vida amargurada

TARRAFAL

Quando me falam do campo de concentração

Algo faz estremecer o meu coração

Histórias tristes vividas num amargo mel

Destroços de vidas que cheiram a fel

 TARRAFAL

O seu amor, ninguém mo tira

Mesmo que tudo não seja mentira

Porque hoje plantamos rosas sem espinhos

O nosso amor parece ter sido feito de linhos

 TARRAFAL

Ando à procura da sua infância perdida

Será sempre a minha Terra-Mãe querida

Mesmo que um dia tive que partir

Do seu amor, ninguém me faz desistir

TARRAFAL

Não me peça mais nenhuma rima

Não quero ficar preso entre as palavras

Deixe-me soltar o grito

O eco que faltava

O grito da pazClamor da liberdade

 TARRAFAL

Solte-me de entre as palavras

Porque hoje não temos mais almas presas

Nem gritos atrás das gradesPeça-me o seu verso

E só depois lhe rezo um terço
Ajude-me a entoar estas palavras

Um pedaço de xaile preto

Estendido no meio da cela

Triste aurora

 TARRAFAL

Grite comigo

Um sentimento antigo

Palavras vazias

Almas penadas

Costa da morte

Uma sentença infernal

Destroços de sentimentos

Lágrimas caindo

Palavras desconcertantes

Beijos negados

Falsidade humana

 TARRAFAL

Ajude-nos a cantar

Histórias de outros tempos

Uma luz apagada

Uma noite de treva

Uma enxada encostada

Aos sonhos traídos

 TARRAFAL

No meio do cântico,

Uma dúvida.
Uma chuva miudinha

Uma alma fria

Três tostões

E um prato vazio.
O fim do mundo

Nos braços do inferno.
Um fogo frio

Corações encharcados

Esperança no amanhã

Dia do amor.

 TARRAFAL

Uma nova manhã

Um lindo sol

Sinal de esperança

Que o destino vai mudar.
Campos verdejantes

Beijos selados

Uma porta aberta

Para dentro do paraíso.
Os dias são outros, Tarrafal.
Não iremos nos esquecer do ontem

Para que amanhã seja melhor      

 

 Sem Como não Partir

 

Sem como não partir, vontade de ficar
Vontade de ficar vencida pelo impulso do partir
Partir para onde o amor tem que ficar
Ficar porque o grande amor tem que partir
 
Despede-se à procura de algo que se diz melhor
Ninguém se calcula o quanto custa este ter que sair
Sair em busca de algo que pode ser muito pior
O pior de tudo é a necessidade de ter que sair
 
Na hora da partida, tudo de partida
Partindo para onde tudo está por descobrir
Isto porque a missão do destino é para cumprir
Ainda que a conhecida viagem é para uma chegada desconhecida
 
Sem como não partir, vontade de ficar
É a força de um cabo-verdiano com vontade de lutar
Com lágrimas nos olhos por receber do destino o engano

E orgulho no coração por ser cabo-verdiano.

 

 

Cabo Verde, Terra Seca

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

É a tarde que teima em não passar
É a noite que nunca mais chega
É o galo que deixou de cantar
É a tradição que a modernidade nega

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

Por que caminho andam os ventos de outrora
Quando o crioulo tinha outra pronúncia
Quando a palavra era um meio de denúncia
De Gentes que vinham de lá de fora

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

Por que caminho andamos agora
Onde embora o campo não seja verde
A Esperança continua viva

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

Não se preocupa com o meu choro
Porque ele irrompe da minha alma

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

É a seca que teima em não passar
Para trazer-me o tempo de verdura

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

É a chuva que teima em não arrastar consigo
Os anos de boas colheitas para o meu povo

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

É o galo que se esqueceu de cantar
Para lembrar-me que é hora de pilar milho para cuscuz

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

Ainda mantenho Esperança
De ver as terras cobertas de verde
De pastar o meu gado como fazia o meu avô
De comer cachupa refogada e ovo frito
No alvorecer do dia

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

É tudo isso que faz o caminho da minha história
Porque tudo isso é a história do meu povo

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

Não me peça que eu faça uma rima
Porque o choro só rima com o coração
E na hora da emoção
Qualquer expressão
Soltada da alma
Pode encontrar
A Essência
Do nosso ser.

Oh Cabo Verde
Oh Terra Seca

É por ti que eu choro.

 

 

 

O Que é a Poesia?

.

 

Não existe uma definição objectiva da poesia. No entanto, cada um de nós pode ter a sua opinião acerca do que ela possa ser. A poesia não é só um género literário. Ela pode ser muito mais coisas; pode ser algo que reflecte o íntimo do ser humano.
No meu sentir, a poesia é a expressão de sentimentos, emoções e sentidos através da palavra. É uma forma através da qual uma pessoa possa manifestar-se em relação àquilo que a rodeia, utilizando a palavra escrita, com uma sonoridade e estrutura, por vezes, semelhantes a um cântico ou a um apelo. A poesia é o lugar da literatura onde o poeta pode gritar, chorar ou simplesmente ficar em silêncio. Ela é um lugar de muitos contrastes, onde o silêncio vê o seu campo invadido por palavras… mas onde o próprio silêncio tem o seu lugar na História.
Para escrever um poema, o poeta precisa de solidão, evita a sociedade e refugia-se no silêncio. Mas, a própria poesia é uma forma de fugirmos ao silêncio; uma maneira de compartilharmos com os outros os sentimentos mais nobres e sublimes que nos tocam as profundezas da alma.
A poesia pode ser muito coisa… pode ser um grito… um grito no meio do nada… um grito no meio do silêncio… onde o coração faz irromper, do fundo da alma, um amontoado de palavras que dá sentido a algo que parece não ter sentido.
A poesia pode ser um momento de festa, mas também pode significar um acto de loucura. A poesia é o momento em que se festeja a ausência do silêncio… mas também pode ser o silêncio.A poesia é a vida… ela é o amor.

 

GENTE DA MINHA TERRA

Gente da Minha Terra
Povo da Minha Aldeia
 
Eu que sempre vos escutei
Que sempre lutei por este chão
Digam-me do fundo do coração
Coisas sobre o amor que vos dei
 
 
Gente da Minha Terra
Povo da Minha Aldeia
 
 
Nesta hora de tristeza
Sinto-me invadido por uma angústia
Na procura de alguma astúcia
Para encontrar a nossa certeza
 
 
Gente da Minha Terra
Povo da Minha Aldeia

 
 
Eu que sempre vos cantei
Sobre vós sempre escrevi
Digam-me daquilo que ouvi

Se é convosco que sonhei

Voltar à Página Principal

 

 

 

 

 

PARA LÁ DO ALÉM 
 

          

    

Parti.

Peguei no meu chapéu
  
Agarrei na minha bengala

Comecei a experimentar

Os meus primeiros passos. 
 
O horizonte estava longe
 
Mas via-se o pico do Vulcão do Fogo

Que rasgava o azul do oceano

Com aquele castanho típico desta Terra

 

Parti. 

Estava inconformado com a vida

Sonhei com o possível do impossível

E no impossível parei

Parei um pouco.

Parei e pensei

Pensei no além.

Além de tudo que a nossa intuição alcança

Pensei

Como seria o país do meu sonho. 

 

Parti. 

 

Parti para o sonho

Entranhado no meu imaginário

Desenhei um país

Que tinha 10 ilhas.

Acordei. 

Acordei no precipício de nenhum imaginário

Percebi que não tinha partido

Que o país que tinha desenhado era real

E que da ilha de Santiago

Quando a natureza deixar

O olho consegue enquadrar

Um castanho típico desta Terra

Que rasga o azul que o oceano herdou das nuvens.


 

Voltar à Página Principal

 

 

 

O MAR E O AMOR

Oh Mar

O que é que fizeste com a minha vida?

 

Todos os dias nessa lida,


Abro a janela e vejo o horizonte

Na procura do caminho para ir ao monte.
          

 

Oh Mar

Porquê que vieste de mansinho?

Porquê que entraste no meu ninho?

Com as tuas ondas arrastaste…       

 

Para longe, o meu amor levaste.

 

 

Oh Mar

                      

Ajude-me a construir uma ponte

                      

Para romper o imaginário do horizonte

                      

Venha enxugar o meu coração

                      

Que deita lágrimas de paixão

                      

No meio do nada,

                      

Nada encontrei

                      

Porque o meu mundo

                      

Nada se tornou;

                      

Porque a minha vida

                      

Virou um nada

                      

Porque no meu caminho,

                      

Nada atravessa.

                      

Nada.

                      

Sempre nada.

          

  

Porquê tanto nada?
         

Oh Mar


Nada nas tuas ondas,

Rompe o horizonte,


Vem de mansinho,


Enxuga as minhas lágrimas


E traz-me o meu amor.

 

Voltar à Página Principal

 

 

Poemas de Silvino Lopes Évora

 

 

NÓS MEDIA TV. VER VIDEOCLIPS

87 comentários »

RSS feed for comments on this post. TrackBack URI

  1. Adorei essas poesia.. Eu também como ele gosto de ecrever poesia, é a unica forma de eu me apresentar ao mundo de dizer o que sei, expressar o que sinto,desvendar o que passa comigo..Poesia é uma confidência..gostei de todas a que mais despertou-me atenção é “gente da minha terra povo da minha aldeia”, gosto das que rimam.Nossa terra nossa gente é nossa alma a gente onde quer que vá sempre temo-las nos nossos corações, notamos isso quando estamos longe, e damos mais valor…. força que cada dia seja melhor

  2. Muito obrigada pelas palavras aqui deixadas, Artemisa Ferreira. Continue a visitar o NÓS MEDIA porque estamos sempre aqui. À espera da vossa visita.
    Abraços

    Silvino Lopes Évora

    • onicio lopes billy para mim foi sempre bom ler poesias é a coisa que faz com que as pessoas ganham um pouco de conhecimentos.Ainda fico mais feliz por ter um filho tarrafalense inspirado na poesia,adorei mesmo aquilo que eu li sobre a tua poesia,ela é linda e entereçante e traz emoçoes significativos.Deus ti acompanhe onde quer que esteja porque ele é bom,Billy de Nita Praia obrigado

  3. Olá Silvino

    Fiquei encantada com a tua poesia que acabei de ler.

    Muitos PARABÉNS! E obrigada por partilhares – tão belo e valioso “tesouro”

    Voltarei sempre:)

    Beijinhos
    BoaSemana

  4. olá gostei muito dos seus poemas eu também gosto muito de ler e enventar poemas são todas búe mais búe de fixe os teus pois quero te desejar felicidades e muitos parabéns e um grande abraço.

  5. eu gosto muito das suas poemas e também gosto muito de ler e enventar os seus poemas são búe de fixe amei quero te desejar muitas felicidades e muito parabéns que sejas muito feliz que DEUS te abençoe um grande abraço da minha parte.

  6. Muito obrigada Edna, pelas tuas amáveis palavras. Fique bem e visite-nos sempre. Abraços

  7. Olá Silvino!

    Hoje tive a inefável alegria e o jucundo prazer de ler algumas das suas palavras. Gostei dos poemas e achei muito interssante a tua visão de “jornalismo de intervenção”, se é que o termo seja o mais correcto. Não me vou alargar muito nos comentários, mas só gostaria de lhe dizer o seguinte: a tua resposta ao senhor Anónimo afigurou-se-me portadora de uma enorme perspicácia e muito oportuna. De facto é preciso separar as coisas. Se há um jornalismo mais vocacionado para esta vertente intervencionista, por que não fazer uso dele? Não vejo nenhum inconveniente nisto (embora seja um leigo na matéria). Não me parece que seja correcto invocar o código deontológico para “atar as mãos” do jornalista e fazer dele meramente um reprodutor da informação, ou um pau-mandado. O código deontológico, a meu ver, serve para regulamentar o desempenho do jornalista no tocante às questões que se prendem directamente com a ética, a moral e outros valores que aí se poderia inventariar. O mito da objectividade, de facto foi derrrubado há muito e não foi só no âmbito do jornalismo, também o foi no universo das ciências sóciais em geral. E aí, sentir-me-ia à vontade para dissertar sobre a questão, mas não é o que aqui pretendo fazer. Tens todo o meu apoio, procura ser um jornalista livre e audaz. Se me permites deixo-te aqui uma linha de reflexão: o fundamento de toda e qualquer liberdade reside na liberdade de consciência. Se levares esse postilado a sério, continuarás a incrementar o teu desempenho jornalístico e salvar-te-às, cada vez mais, de um modus pensandi e operandi atávico que vigora nos círculos intelectuais das nossas ilhas.

    Ciente de que estou a interagir com um amigo da academia coimbrã, deixo-te aqui umas notas sobre o meu percurso. Depois de ter terminado a licenciatura, conclui o estágio pedagógico (11 meses) em Coimbra com a classificação de 18 valores, passei três meses no centro de Paris a investigar e apresentei um projecto de investigação na Universidade de Helsínquia. Desde o dia 22 de Maio que sou aluno da Universidade de Helsínquia. No dia 1 de Agosto, comecei a minha investigação como doutorando no Departamento de Teologia Sistemática de Helsínquia onde estou a preparar a minha tese de doutoramento em Teologia e Filosofia. A tese subordina-se ao tema Christus mortuus est pro peccatis nostris: Saint Augustine and Martin Luther on sin and justification. A verdade é que estou muito interessado no diálogo interreligioso (acredito que o futuro da humanidade dependerá quase exclusivamente da capacidade dos homens e mulheres hodiernos em dialogar com a diferença e com os diferentes), sobretudo (por enquanto)o diálogo luterano.católico. Não deves estar espantado com as disciplinas pelas quais optei… bem me conheces as minhas orientações epistemológicas… afinal convivemos na vetusta academia… somos ambos filhos da Velha Torre e a FLUC é nossa até ao último suspiro. Acabei de fazer 24 anos e espero viver o suficiente para te ver brilhar ainda mais, caro amigo.
    Seja prudente e humilde. Assim levarás os teus planos a um bom termo. Quanto a mim vou trilhando os caminhos desta aventura no topo setentrional do Velho continente, a aventura nórdica…
    No que precisares, já sabes, conta comigo… eu conto contigo.

    Juiz na cabeça e Diós na coraçon…

    Jair

  8. Olá Camarada,
    Muito obrigado, pelas tuas palavras. Somos e seremos sempre filhos da FLUC, da liberdade, da audácia, das interrogações e do próprio futuro. Parece contraditório, não é? O futuro ainda nem chegou e nós somos filhos dele? Engano. Há muito que o futuro chegou. É ele que orienta o nosso presente e, de alguma forma, justifica o nosso passado. Ou pelo menos, as opções que tomámos no passado. Deixa-me dar um salto deste terreno interrogatório porque, como gosto de jogar com os contrastes, passaria muito tempo a devagar sobre esta questão.
    A notícia que leste sobre o anónimo não referia propriamente à minha pessoa. É uma citação que tem link para o blog da pessoa que passou por aquela situação e deu a devida resposta ao anónimo. É a jornalista Matilde Dias, da Televisão de Cabo Verde. No entanto, sublinho tudo aquilo que disseste na tua mensagem, que não podia estar mais em consonância com a verdade.
    Eu também ando por este velho continente. Estive em Coimbra na semana passada e encontrei-me com o Zezito, que me informou que já andavas por outras terras. Fico muito feliz por saber do teu percurso de sucesso e, como te lembras, eu fui um daqueles que escreveu sobre o teu êxito…creio ser o primeiro a fazê-lo, até. E sempre soube que o teu estofo cognitivo te permitia voos altos. Vou ficar por aqui mas iremos continuar o nosso diálogo e preferia ir para o circuito fechado: jornalmedia@hotmail.com. Espero-te lá.
    Abraços, deste teu sempre amigo.
    Silvino Évora

  9. Olá!Quero só dizer que fiquei muito grates e feliz por ver que tens um grande talento, que Deus te da forsa e muitos anos de vida pa que possa continuar, com os seos talentos.
    Forsa. de um grande amigo seu.
    depois digo-te o meu nome.

  10. Muito obrigado pelas tuas palavras. Não sei quem és, mas pelas tuas palavras vejo que és uma pessoa que me conhece e que me tem algum carinho. Agradeço-te muito. Abraços e sê feliz.

  11. Obrigada por gostar dos meus poemas! Abraços e tudo de bom para si.

  12. http://www.azagua.com

    http://www.spigamidju.com

    Olá “Siloé” (silvino lopes évora)

    Gosto da maneira como interpretas e como segues a comunicação social de perto. Gosto também dos teus poemas e, claro, sei que vais continuar escrevendo sobre a tua terra, especialmente e Txombon-di-Mangui.

    http://www.tarrafalnazona.com

    E o teu nome literário?

    Dr. Azágua

  13. Agradeço a sua visita e o seu comentário.
    Silvino Évora

  14. Olá, amigo Silvino!

    Adorei saber que gostas de poetar, de embalar as palavras desta forma tão tua…

    Abraço, sincero, deste teu amigo e colega da Universidade de Coimbra.

    FMOP

  15. ola amigo de cabo verde ami e ze irmao de osty nta manda 1 abraso para todos 1 abraso

  16. Um abraço, Zé.

  17. oiiiiiiiiiiii thau!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  18. Gostei ex prof …e actual poeta cv…eu tb sou fascinada por poemas adoro escrever, e axo que este é o caminho onde consiguimos libertar as nossas almas em comunhão com este mundo de trilhos onde a vida tem que ser vivida e nós temos que sabê-los viver….Parabens!? talvez esta palavra não é adequada para exprimir o que quero…mas no fundo dos fundos das palavras ty desejo FELICIDADES e que saibas colher deste povo o fruto adequado para sobrivivência dos saberes… Wanderleia Barreto

  19. escrever poemas é muito mais forte que descrever um sentimento profundo, a poesia transcede a força do pensamento, ela obriga-nos a uma viagem planetaria, onde tudo se mistura, a mente, a mensagem, uma sensaçao de sofrimento. Senti isto nos teus poemas, e, queria encorajar-te, pedindo que continuas ainda com mais força, porque essa vantagem nao foi dado a toda gente. Estarei ali sempre para ler e endormecer comos teus teus poemas. Um Grande abraço

  20. Escrever poemas é muito mais forte que descrever um sentimento profundo, a poesia transcede a força do pensamento, ela obriga-nos a uma viagem planetaria, onde tudo se mistura, a mente, a mensagem, uma sensaçao de sofrimento. Senti isto nos teus poemas, e, queria encorajar-te, pedindo que continuas ainda com mais força, porque essa vantagem nao foi dado a toda gente. Estarei ali sempre para ler e endormecer comos teus teus poemas. Um Grande abraço //Paris

  21. N daba un vista di odju na Nós Media i N fika ku sensason ma nhu ta tenta kontribui pa labanta jornalismu. Nhas parabens pa es dizeju di ser util pa sosiedadi!

    Oxi N ben vizita, faxi si, es kantinhu ku puemas di nho. Nhas primeru sensason e ma es e lindu i ta rifleti un amor prufundu pa un padas di nos Kabu Verdi – Tarafal. N ta volta pa es kantinhu ku mais tenpu, logu ki tenpu parsi. So un kurason nobri podi xinti ton prufundu…

    Ken sabi, amor txeu ki nhu ten pa Kabu Verdi, misturadu ku intilijensia superior ki ta karateriza nho, ka ta ben transforma nho – grasa a talentu di konbersu sabi ki Dios da nho – nun di kes pezu pizadu na prumuson des konbati pa libertason di nos disendentis. Es ta meresi tudu nos amor!

    Afinal, nha Bibinha Kabral debi sta ta kori nho na sangi! E so nhu sumara pa el kapri nho di fundu kurason tarafalensi, pa el bua, na aza nos falar sen igual, salta altivu Sera Malageta, ti kurason di berdianus, spadjadu pa es mundu largu!

    Nhu fika ku Deus na seu i nha Bibinha Kabral na kurason!

  22. e modi silvino!!! bu sta de parabens pa trabadjo ki bu tem feito pa jornalismo e divulgacao de nos cabo verde, tarrafal em particular. um abraco

    Rito
    A.T.E

  23. antes de mais boa noite…. eu gostei muito poder lembrar da minha terra natal… essas palavras me faz fortalecer o coraçao sei que a nossa terra é inesquecivel sempre que la estamos algo nos faz sentir noutro mundo num mundo que so existe para a felicidade o que nos faz crescer na alma
    …….
    bejs
    adorei por ter ouvido essas palavras doces o que me fortalece a alma

  24. Porque não me olha
    Porque não me ve
    Porque não sente
    Se eu gosto de vôce.

  25. SONHO!
    …as vezes fico sonhando em…
    te ver,te abraçar,te beijar,te curtir,e te dizer o quanto é bom te amar…
    mais quando caio na realidade é tarde…
    ..sei q um dia vou durmir de novo e nunca mais acordar para a relidade…

    autora:Evelen da costa da silva(eu)
    fiz dia…[…] mes de outubro /07…
    Para ,eu querido vovo…
    Que partiu dessa vida!!

  26. vc apareceu em minha vida sem nenhuma explicação
    o amor q sinto por vc virou tudo em solidão.
    não sei como explicar
    e nem como expressar.
    o vento me traz tudo o q eu quero esquecer
    mas tudo o q eu faço é para te merecer.
    de noite e dia vivo a sofrer
    porquanto a angustia toma conte da meu ser.
    esse amor tão grande q é proibido
    por mim nunca será esquecido.
    o q mais me dói,é te querer e não poder
    sei q um dia vou durmir e morrer ao amanhecer.
    ja tentei me apaixonar por outro “alguem”
    mais o q vem em minha mente é só vc,e mais ninguem.
    ja clamei a DEUS para te esquecer
    mais acho q esse amor acabará só quando eu morrer.

    autora:eu…
    fiz dia 21/12/07

  27. MEU DEUS!
    prq,esse amor,q esta me matando aos poucos dia-após-após dias?
    prq,essa solidão q aparece q nunca acaba?
    prq,esta paixão vai e volta,querendo me matar s/ nenhuma explicação?
    prq,eu amo-o tanto,se nunca pudi te-lo?
    prq,a tristeza toma conta de minh’alma de noite e de dia?
    prq,sofro por uma pessoa,q nunca deu valor a mim?
    prq,só vivo na ilusão, q não parace ter fim?
    prq, é tão inevitavel esse amor?
    prq,tu não trazeste este amor logo a mim?
    prq,tu então não trazeste logo o esquecimento,ja q esse amor é tão proibido?
    prq,tu não deixe esse amor desfrutar a “nós”?
    prq,tu não me daste uma luz,para q eu possa guia-la com mansidão?
    prq,tu não deixe,eu durmir e sonhar, q um dia essa realidade acabou p/ sempre?
    …prq?…
    prq meu DEUS?

    autora:eu…
    fiz dia..21/12/07

  28. HOJE!
    hj estou completamente no mundo da ilusão
    só estou tentando consolar meu s2.
    hj meu mundo virou de pernas para o ar
    tentando encontrar vc em algum lugar.
    hj só vivo no mundo da solidão
    só queria pelo menos achar uma solução.
    hj parece q estou num deserto sem fim
    esperando q vc venha até a mim.
    hj no meu mundo parace q só vc existe
    mas porquanto,hj só vc me aflige.
    hj s/ querer te amo s/ te ter
    mais só pelo seu rostinho ja posso viver.
    hj por ti vivo a sofrer
    só espero q um dia eu possa te esquecer…

    autora:eu…
    fiz dia…23/12/07

  29. numa noite fria.
    numa troca de olhar.
    meus olhos se inclinaram aos seus.
    querendo explicar “algo”em q sentia.
    meu corpo esmoreceu.
    ao ver seus olhos diante dos meus.
    em sua boca um sorriso.
    senti q estava no paraiso.
    depois sua mãos indo de encontro a sua boca.
    querendo me deixar cada vez mais louca.
    ao passar do tempo .
    nem o vento foi possivel de tirar sua imagem de meu pensamento.
    mas o resultado dessa paixão.
    foi me deixar na solidão.
    hoje sem te ver.
    vivo a sofrer.
    em minh’alma existe uma dor tão forte e cruel.
    esperando o dia em q estarei junto a vc…. no céu!!!…

    autora:eu…
    fiz dia…03/01/08

  30. TE AMAR!
    te amar,só foi sofrimento
    e uma perca de tempo.
    te amar,foi enganar meu próprio pensamento
    minha vida virou num verdadeiro tormento.
    te amar,foi perder minha alegria
    querendo tirar toda minha energia.
    te amar,tirou meus sonos nas madrugadas
    me deixando cada vez mais magoada.
    te amar,perdi o direito de viver
    pedindo a DEUS até para morrer.
    te amar,me deixou a desfalacer
    esperando uma esperança para te esquecer.
    te amar,foi tirar minha própria felicidade
    não querendo acreditar q tudo isso é uma pura realidade…

    autora :eu…
    fiz dia…04/01/08

  31. AMOR DE DEUS…
    o amor q DEUS deu-nos
    é para amar e sermos amados.
    para darmos valor no q tanto temos
    para q possamos no amor perfeitos sermos.
    para semelhar de tudo o q passamos
    e de tudo o q ja amamos.
    para sermos ambos diante de tudo
    para não esbarrarmos por um descuido.
    para q possamos viver no mundo da algria
    de amarmos a pessoa q tanto queria.
    para q possamos diante de DEUS
    viver feliz,pelo meu amor e do seu…

    autora:eu…
    fiz dia…15/01/08

  32. Gostei Silvino,
    Porquanto apenas li uns pedacos,sofregamente…(Apenas tenho o computador a 45 dias e estou pesquizando,titubeantemente – como utilizador deste instrumento do progresso humano e da tecnica).Por nao dominar o INGLES e o ‘AMERICAN LANGUAGE”(diferente do Ingles da Inglaterra)nao conheco ainda os “comandos” para tudo quanto eu desejaria fazer com esta maquina electronica ja tao estimada…Estou procurando “o que permita que me transforme num OPTIMO UTILIZADOR na perfeicao possivel(em portugues) e ja os solicitei a meio-mundo…Um abracao e espere “TRABALHOS MEUS” logo que os prepare,para”JORNALMEDIA@HOTMAIL.COM”nas categorias de “Canticos e Poesias” e “Cantinho dos Colaboradores” para comecar..Ate breve deste amigo Praiense-Caboverdeano.

    • SILOE, Amigao,
      Ca estou, novamente, APOS 3 ANOS E + DE AUSENCIA….por isso, uma certa INERCIA no campo da UTILIZACAO DA NET, dai as dificuldades. DJAN TENTA MANDA EZ NHA TRABADJU, di tudu djetu, MA N KA KONSIGI NADA…por isso, AL’EL LI, pa bu ranja manera di FAZEL TXIGA NA ” Selecionador e Presidente di FEDERASON DI NOZ TERRA,…OK ?? por Amor di Deus:
      **TUBARONS… ENGULI… KAMARONS”””
      Dedikadu a Nos “Tubaroes Azuis” Ku Tudo Amor di Mundo

      MI DJAN SONHA
      TUBARONS TA SER KAMPIONS
      D’EZ CABO VERDE
      NOZ TERRINHA NATAL

      TA GANHA TA EMPATA
      TA SONHA SER KAMPION
      TA PERDE E TA GANHA
      TE UM DIA SER KAMPION…(bis)

      OI TUBARON
      BO E ORGULHU DI NOS TERRA
      OI TUBARON
      FAZE EZ SONHU REALIZA

      CABO VERDE KIRIDA
      TUBARON NOZ VAIDADI
      CABO VERDE KIRIDA
      TUBARON NOZ VERDADI…(bis,bis,bis)
      Coro Final:
      TA GANHA, GANHA, GANHA, PERDE
      TUBARONS TA ENGULI KAMARONS…
      TE GANHA, GANHA, GANHA, PERDE
      TUBARONS TA ENGULI KAMARONS( bis,bis,bis)

      * Esta “E UMA ESPONTANEA ADAPTACAO LITERARIA A MUSICA”de Nando da Cruz, para USUFRUTO DE TODA A NACAO CABOVERDEANA, na Mundu Fepu, por OCASIAO DO CAN AFRICA DO SUL, em breves dias,uma AUTORIA di “NANA DI PALA LOPI” a 16 de Outubro de 2012, de Fall River – Ma 02723 / USA (Contacto para Son, caso necessario: 1 508 567 5335)

      • POR SERMOS UM PAIS “Bilingue”, a seguir vai A VERSAO NA LINGUA DE CAMOES,para USUFRUTO dos nossos Amados Irmaos da LUSOFONIA, o que me daria IMENSO GOSTOSAO…

        “”TUBAROES… A ENGULIR… KAMAROES””

        EU JA SONHEI
        TUBAROES VAO SER CAMPEOES
        DE CABO VERDE
        NOSSA TERRINHA NATAL

        A GANHAR A EMPATAR
        A SONHAR SER CAMPEAO
        A PERDER E A GANHAR
        ATE UM DIA SER CAMPEAO,,,(bis)

        OI TUBAROES
        TU ES ORGULHO DA NOSSA TERRA
        OI TUBAROES
        FACA ESTE SONHO REALIZAR

        CABO VERDE QUERIDA
        TUBARON NOSSA VAIDADE
        CABO VERDE QUERIDA
        TUBARON NOSSA VERDADE…(bis)

        A GANHAR, GANHJAR, GANHAR, PERDER
        TUBAROES A ENGULIR CAMAROES
        A GANHAR, GANHAR, GANHAR, PERDER
        TUBAROES A ENGULIR CAMAROES( bis )

        @ Esta e “”UMA EXPONTANEA ADAPTACAO LITERARIA” de NANA DI PALA LOPI, da Musica de “CABO VERDE QUERIDA” do Nando da Cruz, desde Fall River / USA, q 16 de Outubro de 2012, onde me conhecem por MANTARRAS de Fall River,(Contacto 1 508 567 5335,para difusao da Musica,se necessario), Vosso Amigao ARNALDO MARTINS SILVES FERREIRA(Badiu di Praia)

  33. Dear silvio i like your poems very much, goodluck with everything you do, and Godbless you…
    Your friend Mindy
    Thank You
    And keepup with goodwork ”Gostei eis o maximo”

  34. Ola Silvio
    Em Primeiro lugar muitos Parabens!
    Adorei bastante,fequei encantada com a tua poesia
    que acabei de ler hoje a noite,em verdade,em verdade te digo, as tuas palavras me tocou fundo na alma,chorei bastante e adormeci.
    Silvio,estarei atenta toda noite para ler mais,
    chorar mais,e au mesmo tempo encher a minha alma com os teus lindos poemas.
    I Wish you all the best in life for you and your family,May God Bless You and Bless Your Parents for Having a such Wounderful son like You…
    A Big Hug and a Big Kiss, From Your Friend Arminda F. Rodrigues at: U.S.A.N. PROVIDENCE RHODE ISLAND. (Knowne as Mindy Rodrigues, Thanks).

  35. um orgulho Caboverdiano

  36. oiiiiiiiiiiii

  37. oi…. ncurti tcheu tudu kes poisia ki sta li
    um abraçu pa nhos tudu e pa C.V.!!!

  38. oi Silvino odja bu sta faze um trabadju expetacular alias sempre bu faze nsta curte tcheu tb parabens pa kel trabadju sobre campo de comcentraçao um excelente trabadju força ai nu tem ki mostra nos terra a outros.Nos amor pa terra ki ta faze com ki nos terra ta ser rica.
    odja ncria so lembraba nho ki nhu foi nha professor de portugues ya nhu fica fx… saudade

  39. Eu estava procurando por alguma poesia caboverdiana, pra que eu pudesse falar num recital que vai acontecer em Belo horizonte, Brasil, no Belo poético, (www.belopoetico.com), um evento que reúne poetas e outros loucos por palavras… de 10 a 13/07/2008.
    E encontrei vc, adorei. MUito legal sua poesia sobre sua terra, onde residi por 1 ano, em 1990.
    Confesso que fiquei com saudades do Tarrafal, da Praia, das conversas com amigos e de ouvir as crianças falarem rápido e engraçado em crioulo…
    Claro que eu não entendia nada mas ria muito e contava estórias ” em brasileiro”… Esse era meu passaporte pra agradá-las. Visitarei vc mais vezes, e se quiser te envio minhas poesias..
    bjcas pra tds…
    http://www.inezplicavel.spaces.live.com
    inez alves alves ( orkut )

  40. Além de Doutor… também tu es um grande escritor e poeta caboverdiano, sinto-me muito orgulhosa de ter-ti com meu amigo. E vais atingir um pantamar elevado e tu mereces…

  41. quando eu cresçer eu quero çer valente igual tira dentes

  42. o gato esperto distrai o
    cachorro correndo atras do rato pinpolho

  43. chiquititas eu te amo gosto muito de brincar
    nao perco nem um capitulo tua voz quero escutar

  44. e estes poemas eu gostei so poemas lindos

  45. no meu amor
    pode ter mil
    virgulas mas
    nunca um ponto final……….

    renato

  46. “O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
    mas na intensidade com que acontecem.
    Por isso existem momentos inesquecíveis,
    coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.

  47. eu achei esse poema muito grande para pessoas leem,esse poema parece mais um texto não um poema!

  48. eu nao entendi porra nenhuma!!!!

  49. vcs sao retardados
    e todos filhos da puta

  50. bom eu adorei esse site palavras versos e mais muitos profundos gostei .. mas acho que ainda falta algum complemento nao sei o que mais parece que esta a faltar algo se voces me entendem é so lerem pra ver mas as posias sao boas..adorei mas ainda falta algo mas continuem assim que vao longe

  51. muitoOoOo lindo parabens!!!eu li tudo e achei muito lido
    ate enviei pra minha namorada
    ela achou lindo tbm
    PARABENS!!!!!!

  52. Amei muito lindo.

  53. “O valor das coisas não está no tempo em que elas duram,
    mas na intensidade com que acontecem.
    Por isso existem momentos inesquecíveis,
    coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis”.

  54. escreci
    sai
    correndo
    pau
    no

    de
    quem
    ta
    lendo

  55. eu adorei os poemas e foda-se quem nao gosto……..

  56. Eu gostei por que , quem não gosta de poesias, não é umano…é desumano.

  57. oi td bem ?

  58. isto nao vale uma merda seca

  59. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkuuuuuh

  60. é´um pé no cuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

  61. olha eu odiei esses poemas será que não dá para melhorar isso não xau

  62. Lamentp ter de ler tanto lixo…Sera que estes que me antecedram nao tem mais nada para escrever? Para onde caminhamos,com tantas asneiradas ? Apoio a todos os que escrevem “coisas que se leiem e se entendem,constrtivamente. Nao e uma reprimenda a ninguem.Quem sou eu para a fazer? E simplesmente um desabafo…Abracos deste crioulo,longe da sua amada terra e sua Capital,onde nasceu,cresceu e amara ate depois da morte… Nana dy Pala Lopy

  63. Alo, Silvino,Olga e demais amigos do Tarrafal e do nosso amado Cabo Verde.Apos 3 meses de preocupacoes,consultas e exames diversos,ca me tem de volta(ando agora com apoio de muleta – dificuldades de locomocao e movimentacao das pernas e bracos, e artrites por todo o corpo).Quando das eleicoes nos USA,fiz uns prognosticos e, por ter vivido de perto(em Imagens Televisivas e escutas radiofonicas)todo este ferviliar aqui,de 5 a 8 de Novembro,fiz um trabalho dedicado ao povo americano,com alguns apontamentos a respeito. Ei-los:
    Title: CONGRATULATIONS TO ‘AMERICAN PEOPLE”
    (American Election’s 2008) Feito de 5 a 8 de Novembro de 2008,”Dedicado ao povo “dos paises QUE SE INTITULAM DE DEMOCRATAS,aonde certamente nao seria possivel a eleicao de um NAO BRANCO PARA TAO ALTO CARGO NACIONAL,devido ao racismo interiorizado,que nao lhes deixa serem verdadeiramente “LIVRES E DEMOCRATAS VERDADEIRAMENTE SINCEROS” – principalmente a EUROPA.
    *******Autoria de NANA DY PALA LOPY/Fall River / USA.
    ******CONGRATULATIONS TO AMERICAN PEOPLE********
    COMECANDO A FACANHA
    SUAS PALVRAS ESCUTEI
    DECORRENDO A CAMPANHA
    NO QUE ELE DIZIA MEDITEI

    ME FUI CONVENCENDO
    A ESPERANCA ME ENVOLVENDO
    DE “UM NOVO DIA CHEGANDO”
    DE “PAZ E PROGRESSO VIVENDO”

    O MUNDO BOQUIABERTO ESPERAVA
    EUROPA ASIA E AFRICA “A ANCESTRAL”
    A “ESPERANCA” RENASCENTE CRESCIA
    EM BARACK OBAMA “O MAGISTRAL”

    O POVO DE MILHOES VOTANDO
    COM OS CORACOES PALPITANDO
    “WE CAN” TODOS GRITANDO
    “OBAMA””OBAMA”REPETINDO

    ESTE POVO EM TURBILHAO
    UNIDOS NESTA “SINGULAR CAUSA”
    AO MUNDO DANDO ESTA LICAO
    PUSERAM “OBAMA NA BRANCA CASA”

    QUE O MUNDO “APRENDA A VALORAR”
    A FORCA DESTA “POPULAR DECISAO”
    E QUE A EUROPA TOME POSICAO
    ELEGENDO SEU “OBAMA SALVADOR”

    Post-Scriptum: – E meu o desejo de ver este trabalho “PUBLICADO EM INGLES E ESPANHOL”,TAMBEM,para que possa atingir aqueles aos quais foi intencionalmente dedicado(o povo americano).Se voce que esta lendo-o,puder dar um apoio nesse sentido,peco me contacte.Deus abencoe America e a familia OBAMA/MICHELE,que bem precisados estao…Nana dy Pala Lopy

  64. …….Sao 11,40 horas desta noite….pensando…meditando….nos agrures desta vida, neste mundo que agora chamam de global…PARA MIM E UM”Mundo-Cao” – onde todos se entregam a reparar e criticar os males dos outros…cimentando a discordia,desavencas,odios e intrigas…incentivando a ESTA ONDA DE CRIMES…avassaladora, por todo o planeta,onde ja nao existe A INSTITUICAO (mais antiga deste Mundo de DEUS) ” A FAMILIA”. o desrespeito por esta INSTITUICAO SAGRADA (Jesus,Maria e Jose) e cada vez mais visivel……………
    ……..E tao agradavel pensarmos NO AMOR…e e isso que esta acontecendo comigo, neste preciso momento, levando-me a me sentar e dedilhar neste computador O MEU SENTIR:……………………….

    #######…….PENSANDO EM TI……….###########################
    Da-me raiva
    porque
    Passo o Tempo
    a pensar em Ti
    ##Penso em Ti
    acordado
    a dormir
    a sonhar
    em casa
    na rua
    a trabalhar
    a ver TV
    a ouvir o radio
    a falar com alguem…
    ##
    Penso em Ti
    a banhar
    na sanita ” a cagar”
    com dores hemorroidais
    a fazer exercicio
    a lavar os dentes
    a cozinhar
    a lavar pratos
    a passajar a roupa
    na lavandaria
    no Supermercado
    sei….la…
    em todo o lado
    ##
    Pensando em Ti
    vou abrir o “Box”
    a ver se ten carta Tua
    Pensando em tI
    Nao atendo telefone
    para que possas falar
    deixando mensagem
    e escutar a Tua voz
    Nao falando
    desligas
    silenciosamente
    (como ja e habitual)
    ##
    Quizera
    Ter o poder
    de aprender
    a nao p[ensar em Ti
    e Te esquecer
    Nao vai ser facil
    a SAUDADE
    ESTA sAUDADE
    que me atormenta
    insistindo em te ter
    presente no meu pensamento
    ##
    Mesmo nao querendo
    Penso em Ti
    Novamente…
    Porque?
    meu Deus
    EU SEI porque foi
    Foi porque Te dei TUDO
    e nada ficou
    ##
    Te dei
    todo o amor
    que em Mim existia
    de tal forma
    que Me sinto
    HOJE vazio
    Sem nada para dar
    a quem quer que seja
    ##
    Penso em Ti
    quando nao o queria
    Me da raiva
    sentir essa fraqueza…
    mas continuo
    a pensar em Ti
    Que e que vou fazer?
    Nao da para esquecer…
    ##
    TE AMO
    mas
    NAO TE QUERO MAIS…
    ##
    Quantas vezes
    toquei o vazio
    na ESPERANCA
    de Te sentir
    JUNTO A MIM
    ergo as maos
    esperando
    acariciar teu rosto
    Seco uma lagrima
    furtiva
    fechando os olhos
    para poder ver
    Tua boca sorrindo
    LEVEMENTE
    ##
    Oh!
    Sinto tanto
    Tua falta…
    falta do teu calor…
    falta dos teus beijos…
    falta do teu olhar…
    falta do teu cheiro…
    esse cheiro saboroso…
    SEMPRE
    ##
    Quantas vezes
    Penso ter escutado
    a Tua vos doce
    me chamando
    MANSINHO
    essa voz
    QUE ME AQUECE
    ME ACARICIA
    ME EMBALA
    nas muitas noites
    vazias de Ti
    Sem saber
    ONDE ESTARAS
    Que estaras
    fazendo sem mim…
    ##
    Sinto
    que a ESPERANCA
    preenchendo
    meus sonhos
    me desfaz
    Pouco a pouco
    Abrindo os olhos
    Encontro
    esta realidade
    de estar so
    SEM TI…
    ##
    PORQUE, Senhor?
    A ESPERANCA
    de que nao tarda
    o teu regresso
    o nosso encontro
    esse dia
    a partir do qual
    nao nos separaremos
    ate a morte…
    ##
    Agora…
    que ja te perdi
    ESTREMECO
    com medo
    de te voltar a ver
    e nao saber
    o que podera acontecer
    FELICIDADES
    se o podes ser
    Sem Ti
    Eu nao consigo
    ##
    Continuo
    sentindo
    esse ETERNO MEDO

  65. …….Sao 11,40 horas desta noite….pensando…meditando….nos agrures desta vida, neste mundo que agora chamam de global…PARA MIM E UM”Mundo-Cao” – onde todos se entregam a reparar e criticar os males dos outros…cimentando a discordia,desavencas,odios e intrigas…incentivando a ESTA ONDA DE CRIMES…avassaladora, por todo o planeta,onde ja nao existe A INSTITUICAO (mais antiga deste Mundo de DEUS) ” A FAMILIA”. o desrespeito por esta INSTITUICAO SAGRADA (Jesus,Maria e Jose) e cada vez mais visivel……………
    ……..E tao agradavel pensarmos NO AMOR…e e isso que esta acontecendo comigo, neste preciso momento, levando-me a me sentar e dedilhar neste computador O MEU SENTIR:……………………….

    #######…….PENSANDO EM TI……….###########################
    Da-me raiva
    porque
    Passo o Tempo
    a pensar em Ti
    ##Penso em Ti
    acordado
    a dormir
    a sonhar
    em casa
    na rua
    a trabalhar
    a ver TV
    a ouvir o radio
    a falar com alguem…
    ##
    Penso em Ti
    a banhar
    na sanita ” a cagar”
    com dores hemorroidais
    a fazer exercicio
    a lavar os dentes
    a cozinhar
    a lavar pratos
    a passajar a roupa
    na lavandaria
    no Supermercado
    sei….la…
    em todo o lado…
    ##
    Pensando em Ti
    vou abrir o “Box”
    a ver se tenho carta Tua
    Pensando em tI
    Nao atendo telefone
    para que possas falar
    deixando mensagem
    e escutar a Tua voz
    Nao falando
    desligas
    silenciosamente
    (como ja e habitual)
    ##
    Quizera
    Ter o poder
    de aprender
    a nao pensar em Ti
    e Te esquecer…
    Nao vai ser facil
    a SAUDADE
    ESTA sAUDADE
    que me atormenta
    insistindo em te ter
    presente no meu pensamento
    ##
    Mesmo nao querendo
    Penso em Ti
    Novamente…
    Porque?
    meu Deus!
    EU SEI porque foi
    Foi porque Te dei TUDO
    e nada ficou
    ##
    Te dei
    todo o amor
    que em Mim existia
    de tal forma
    que Me sinto
    HOJE vazio
    Sem nada para dar
    a quem quer que seja
    ##
    Penso em Ti
    quando nao o queria
    Me da raiva
    sentir essa fraqueza…
    mas continuo
    a pensar em Ti
    Que e que vou fazer?
    Nao da para esquecer…
    ##
    TE AMO
    mas
    NAO TE QUERO MAIS…
    ##
    Quantas vezes
    toquei o vazio
    na ESPERANCA
    de Te sentir
    JUNTO A MIM
    ergo as maos
    esperando
    acariciar teu rosto
    Seco uma lagrima
    furtiva
    fechando os olhos
    para poder ver
    Tua boca sorrindo
    LEVEMENTE
    ##
    Oh!
    Sinto tanto
    Tua falta…
    falta do teu calor…
    falta dos teus beijos…
    falta do teu olhar…
    falta do teu cheiro…
    esse cheiro saboroso…
    SEMPRE…
    ##
    Quantas vezes
    Penso ter escutado
    a Tua vos doce
    me chamando
    MANSINHO
    essa voz
    QUE ME AQUECE
    ME ACARICIA
    ME EMBALA
    nas muitas noites
    vazias de Ti
    Sem saber
    ONDE ESTARAS
    Que estaras
    fazendo sem mim…
    ##
    Sinto
    que a ESPERANCA
    preenchendo
    meus sonhos
    me desfaz
    Pouco a pouco
    Abrindo os olhos
    Encontro
    esta realidade
    de estar so
    SEM TI…
    ##
    PORQUE, Senhor?
    A ESPERANCA
    de que nao tarda
    o teu regresso
    o nosso encontro
    esse dia
    a partir do qual
    nao nos separaremos
    ate a morte…
    ##
    Agora…
    que ja te perdi
    ESTREMECO
    com medo
    de te voltar a ver
    e nao saber
    o que podera acontecer
    FELICIDADES…
    se o podes ser
    Sem Ti…
    Eu nao consigo
    ##
    Continuo
    sentindo
    esse ETERNO MEDO
    APENAS
    porque
    TE AMO… Nana dy Pala Lopy(21/Marco/08)

  66. ……..SORRY!…Revisando acabei de ver que, FIZ MAIS UMA ASNEIRADA…isto e de um aprendiz de INFORMATICA….m desculpem ‘ESSA REPETICAO DO TEXTO” involuntariamente, Nana dy Pala Lopy”( Estarei atento para que nao se repita). Prometido.AMSF

  67. adoru ux seux poemax kontinue asim
    a coisa k eu keru ser nu meu futuru é ser tbm um pota uma dax koisax k goxtu d ser

  68. ***poeta

  69. ### Gostei…Sandra Semedo(Sandra e o nome da minha primeirissima filha…)tambem desta MUI AMIGA SANDRA SEMEDO(Sem Medo,ok). Gostei sim,e vejo que tens dificuldade em transmitir o teu sentir(em Portugues ou Krioulo). Porem, Sandra amiga, compreendi tudu…porque o importante E A MENSAGEM QUE TE SAIU DO CORACAO…”affr@verizon.net” e o meu contacto…Um abracao amigo do NANA DY PALA LOPY (kriolu ky konxe tudu ilha dy nos tera)

  70. Meus Caros Cibernautas,
    A todos os que têm escrito neste espaço, o meu muito obrigado. Não tenho estado frequente na net por causa de muitas obrigações que me têm preenchido a vida. Quando a coisa ficar mais ‘calma’ e surgir mais tempo, voltarei, com muito gosto, ao convívio dos meus amigos. Aos que enviam mensagens positivas, o meu muito obrigado pela vossa boa apreciação. Aos que apontam críticas negativas, reconheço que me dão oportunidades para reflectir sobre a minha vocação poética. Aos que mandam ‘bocas fileiras’, lembro-lhes que a arte é capaz de soltar, tanto os mais nobres sentimentos que existem dentro do ser humano, como remoer a ‘cólera’ que existe em cada um de nós.
    Um grande abraço a todos e continuem a comentar, a participar e a criar dinâmica neste espaço que já não é sou meu, mas sim nosso. É de todos nós que o fazemos.
    Silvino Évora

  71. ###Gostei, amigao Silvino.. Fazia falta umas palavras tuas…Comentando em um outro jornal-online, me referi que”todo os desabafos, criticas ou nao, apoios ou nao” TEEM O SEU VALOR,para quem os recebe, ou A QUEM SAO DIRIGIDOS, ainda que COM PALAVRAS MAIS OU MENOS AGRADAVEIS OU ADMISSIVEIS(por vezes), porquanto isso da , AO AUTOR DOS TEXTOS, uma dimensao de quanto o seu trabalho esta atingindo aqueles para os quais ELE LABUTOU, PENSANDO, CRIANDO, porque o que cada Autor escrve, nao e para ele proprio, mas sim tem um destinatario ‘NAO CONCRETO’ mas sim”voluvel” que e TODOS QUANTOS ENTRAM NA “net” pesquizando…Qualquer que seja o comentario, de que forma seja feita, A MIM SEMPRE ME DA PRAZER LE-LOS…para sentir quanto estarei sendo util, OU NAO, dando-me a oportunidade de CRESCER(TANTO EM FORMA COMO EM QUALIDADE). Voltarei sempre que necessario. Um abracao, NAO SO A TI, mas A TODOS QUANTOS TENHAM TIDO A OPORTUNIDADE DE LER este desabafo sincero de amigo de todos os humanos, neste MUNDO DE DEUS, que chamam agora de GLOBAL. Vosso, sempre amigo, NANA DY PALA LOPY

  72. adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii

  73. oa ler estes poemas, me fez relembrar momentos jamais esquecido. saudades ainda mais clara ficou, mas lagrimas não saiu porque senti mesmo no Tarrafal depois de voltar a dor era tanta que nem da para chorar. eu acho que quem mais ama a sua terra natal são Tarrafalense. terra sabi,beijo daqui de longe

  74. Parabéns ilustre pelo interessante espaço. Um abraço de Moçambique.

  75. Parabens, caro amigo Silvino pela oportunidade que tao eficientemente, nos proporcionas de expressar os nossos sentimentos sejam eles como veem. Admirei a tua maneira de aceiatar as criticas nem sempre as melhores (positivas negativas), mas sempre creativas como os aceitaste, duma maneira tao distinta que so alguem da tua capacidade intelectual o faria. Estou muito excitado de ter encontrado este cite e conhecer mais um dos nossos futuro homens da cultura caboverdiana. Um abraco amigo. Espero voltar sempre a ler as tuas mensagens. Keep de good work my friend!

  76. Artur, Ivone e todos os que comentaram,
    Muito obrigado pelo vosso comentário. Negativo ou positivo, temos que saber conviver com a crítica. Devemos repudiar as ofensas pessoais, mas as críticas àquilo que produzimos são bem-vindos. As positivas estimulam-nos a continuar a caminhada; as negativas oferece-nos oportunidades para avaliar o caminho. Assim, podemos melhor dia por dia e sermos melhor.
    Um abraço a todos…

  77. oi Silvino gostei muita da poema.
    Parabens
    bjs

  78. saiu de alma.
    original
    bj

  79. POEMAS DE JOSIMAR CRUZ (santo antão,rª grande)
    linda mcre dzeb que mte amob
    e que nha maior sonhe é beijob
    mte promete que mte respeitob
    pe um dia mpode tocob

    mcre dzeb que minde pensa em largob
    pos ja tem temp quem cre pegob
    durante tud ess tempe mcre oiob
    e dzeb que mte valorizob

    bo pode conta que nha amor
    e tb que tud nha fervor
    pois bo é linda de qualquer jeite
    e ja bo te ne nha peite

    poemas dedicadas á Aida chantre(santo antão..ribeira grande)
    bastante soded de bo nha amor…linda

  80. Caro amigo Silvino

    Fiquei encantado com os teus poemas. Tens razão quando dizes que a poesia é algo que reflecte o intimo do ser humano. ealmente deixaste refelctir o teu intimo ao pegar na ceneta pa escrever estes poemas.

    Continue a escrever porque realmente tens talento para isso. Parabens e obrigado pela partilha.

    Abraço

    • Desde Janeiro 2012, o ultimo Comentario (Why ?)
      CA ESTOU DE REGRESSO E, vivendo neste lado do Atlantico(USA=New England – Fall River – Massachussets), me vejo obrigado a tocar NUM TEMA, aparentemente esquecido, apos DUAS ELEICOES DO “Barack Obama” para Presidente deste USA.
      1 . Muito se escreveu SER OBAMA O 1o.PRESIDENTE AFRO-AMERICA NO DESCENDENTE, o que NAO E VERDADE…..Barack Hussein OBAMA, e NADA MAIS NADA MENOS, de que “””””O SETIMO”””””Presidente Eleito nos USA, descendente de “NEGROS”, como a seguir descrevo( FRUTO DA MINHA PERQUISA por ocasiao da Eleicao de 2008.
      @@@ EIS POIS
      2 . Me lembro de, em Janeiro de 2009(salvo erro),UMA JOVEM MOCA ALERTOU PARA ESTE FACTO” de OBAMA nao ser O PRIMEIRO PRESIDENTE “de ascendencia africana”,A SER ELEITO NOS USA…Em 13 Fev.09 Pesquisei e ENCONTREI estes dados, reafirmando A VERACIDADE DESSA REVELACAO PONTUAL e,como prometera retornar com mais dados, ESTA e a razao deste “TEXTO EXPLICATIVO” para a clarificacao desta posicao e repor:
      ##################A VERDADE DOS FACTOS###################
      * A = O 3o.Presidente dos USA – THOMAS JEFFERSON (1801-1809),ERA DE ASCENDENCIA NEGRA;
      * B = O 7o. – ANDREW JACKSON (1829-1837),igualmente era Descenden te de Negros;
      * C = O 16o. – ABRAHAM LINCOLN (1861-1865), tambem era de Ascenden cia Negra;
      * D = O 29o. – WARREN HARDING (1921-1923), Descendia de Negros, da mesma forma;
      * E = O 30o. – CALVIN COLIDGE (1923-1929),era tambem um Descente de Negros;
      * F = O 34o. – DEWIGHT EYSENHOVER (1953-1961),de Negros Descendia como os demais … ( estava EU em Mocambique-Quelimane,para onde se guira para viver com O Meu Pai em 1957, e em 1962, Me fui alistar, OBRI GATORIA E COMPULSIVAMENTE, no Exercito Portugues(1962/64), em guerra contra a Frelimo)…
      * G = O 44o. -nosso querido PRESIDENTE BARACK H.OBAMA, que TO DOS desejamos e ansiamos QUE TENHA SUCESSO NA SUA GOVERNA CAO, dizia, “”””NAO E O 1o.PRESIDENTE AFRO-AMERICANO DOS *Es tados Unidos da Americas*, mas SIM ” O SETIMO(7O.) ja Eleito para Este Alto Cargo de Magistrado Supremo da Nacao Norte Americana.
      ####### Post-Scriptum: Peco que, OUTREM, melhor habilitado e entendido nas lides “da Net”, investigue “PROFUNDAMENTE” E DIVULGUE “o que tiver encontrado” e for “REAL”,para se acabar com estas “ATITU DES DE SEGREGAR DADOS E FAZER VEICULAR MENTIRAS,…ate,porque, EU NAO VOU VIVER SEMPRE…(txakota di rapasinhu di Praia-Cabo Verde).

  81. OI BOA TARDE TXAN PAPIA NA CRIOLO SR SILVINO TUDU KES POESIA LI NXINTIL NA ALMA PAMO NTA IDENTIFICA KU TUDU EZ I TEN TUDU A VER KU MI…UN FORTI ABRAXU JAH BLESS

  82. maz un kuza : cabu verdi sempri na nha coraxao e na nha petu, sempri ku orgulho ku rostu labantadu!

  83. Que senhor possa abençoar vc lhe dar-te mais sabedoria,de publicar mais poemas ….abraço meu caro professor…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.
Entries e comentários feeds.

%d bloggers like this: